SARDAS: SAIBA COMO CUIDAR DAS PINTAS NA PELE

2019-06-21T13:40:13+00:00

A pele com sardas se tornou um sonho de consumo de muitas mulheres, mas elas precisam de cuidados especiais. As pintinhas marrons podem ser mais clarinhas ou escuras e costumam aparecer nas peles mais sensíveis.

APOSTE NO PROTETOR SOLAR COM FPS MAIS ALTO

O protetor solar é fundamental para proteger todos os tipos de pele, seja no verão ou no inverno. Mas as peles com sardas precisam de uma atenção especial, já que são muito sensíveis. Por isso, invista sempre em produtos com FPS 30 ou superior, que garantem uma proteção completa para a sua pele.

Se for se expor ao sol por períodos prolongados – na praia ou piscina, por exemplo -, dê preferência para os protetores solares com fator de proteção acima de 50. Isso porque eles te protegem por mais tempo e evitam os danos causados pelos raios ultravioleta na pele.

INVISTA NA HIDRATAÇÃO DA SUA PELE

A hidratação também é fundamental para as mulheres com sardas. Por isso, busque um produto indicado para o seu tipo de pele e invista na hidratação caprichada. Ela deve ser feita toda vez que você limpar a pele, para evitar o ressecamento.

Embora esse tipo de cuidado seja necessário em todos os tipos de pele, as mais sensíveis precisam de atenção extra para a hidratação, já que podem ressecar com mais facilidade.

O QUE FAZER PARA MINIMIZAR AS SARDAS?

Embora estejam em alta e muitas mulheres apostem nas sardas falsas para reproduzir o visual com pintinhas, algumas pessoas que têm sardas naturais preferem minimizar a aparência. Se você faz parte desse grupo, conheça algumas formas de deixar as sardas um pouco mais discretas.

  • Protetor solar diário: a exposição ao sol estimula a produção de melanina, que aumenta a pigmentação das sardas e pode deixá-las mais visíveis;
  • Hidratação intensa: a pele hidratada se renova com mais facilidade, o que ajuda a deixar sardas e manchinhas em geral mais suaves no rosto e no corpo;
  • Procure seu dermatologista: as sardas são manchinhas benignas na pele, mas é importante procurar um médico para avaliar se as pintas são mesmo inofensivas e indicar o melhor produto para minimizá-las.
WhatsApp WhatsApp